PT EN ES

Você já ouviu falar sobre Greenium?

26 de outubro de 2021
Bravo ESG

Trata-se de um trocadilho em inglês das palavras green e premium, o que nos levaria a ideia de um ‘prêmio verde’. Certo, mas o que isso significa?

O neologismo Greenium chegou para justificar a captação de recursos via títulos financeiros com melhores condições (taxas mais atrativas), quando comparada a uma operação tradicional, vantagem esta destinada a organizações com comprovadas boas práticas ESG.

O empréstimo pode ser utilizado para diversos projetos, sem a necessidade de destinar os recursos exclusivamente para projetos de temática socioambiental, porém as metas socioambientais estabelecidas em contrato devem ser garantidas para que as taxas de juros sejam mantidas. Neste cenário, no entanto, dificilmente conseguimos separar o que é prêmio, de fato, pelas boas práticas em ESG, e o que é um simples reflexo de um excesso de recursos à disposição no mundo.

Um fato é certo: a Governança tem um papel fundamental neste processo, já que somente com boas práticas ESG, que incluem prestação de contas, transparência, entre outros, o banco investidor pode classificar a empresa como premium em ESG (Greenium). Após o crédito recebido, a Governança, mais uma vez, se mostra crucial para que as metas estabelecidas sejam honradas.

🌱 Um pouco mais sobre o Greenium

Os títulos baseados em uso de recursos – green bonds, social bonds, sustainability bonds – são instrumentos de dívida que geram uma captação de recursos vinculada ao compromisso de financiar projetos e atividades com adicionalidade ambiental (verde), social ou ambas (sustentável).

Já nos títulos vinculados ao desempenho de sustentabilidade – sustainability-linked bonds -, o valor captado não é necessariamente destinado a projetos ESG da organização. No entanto, a empresa se compromete a atingir as metas ESG estabelecidas. Caso contrário, as taxas que antes eram atrativas, são atualizadas para valores normais de mercado.

Em linhas gerais, os green bonds são destinados a financiar projetos específicos em ESG, enquanto os sustainability-linked bonds são atrelados a metas ambientais, sociais ou de governança da empresa e a destinação de recursos é determinada pela própria organização.

uma empresa